A menina do Pai

20:00

Todos sabemos que as meninas tem uma relação especial com os pais. É o nosso grande amor, o nosso herói, é para quem olhamos com os olhos arregalados, e seguramos com a nossa mão pequenina. 

É quem nos vai aconchegar os lençóis e contar uma história antes de adormecer.
É quem nos aquece os pés frios com as suas mãos enormes e quentes.
É quem nos diz com carinho o que podemos e não podemos fazer.
É quem nos compra os livros de princesas e nos mostra o que é ser um príncipe.
Um Pai é quem nos leva às aulas de música, à natação, à escola e quem convence a mãe (em segredo) que afinal podemos ir àquela festa.
É quem faz de uma tarde de domingo em caso dos avós uma aventura à procura de tesouros, de histórias, de antiguidades.
É quem passeia conosco ao colo durante horas pelos campos e pelas vinhas a ouvir as nossas histórias dos amiguinhos da escola.

Um Pai é quem nos leva a passear num camião e nos ouve a falar durante 8 horas seguidas sem se cansar da frase "falta muito pra chegar?"
É quem nos mostra as fábricas, nos apresenta os senhores e as senhoras que lá trabalham como se fossemos adultos.

É quem nos ajuda a acabar o jantar, quando a mãe não nos deixa sair da mesa sem acabar de comer.
É quem nos diz sempre que saímos de casa para levarmos um casaco.
É quem está sempre lá no meio das zangas para nos dizer que vai correr tudo bem.
É quem nos ensina os valores da vida através dos exemplos de todos os dias.
É quem nos apoia e dá liberdade para termos uma banda de garagem, cantarmos num coro, viajarmos, aprendermos línguas novas, pintarmos quadros, fazermos mil desportos diferentes...

É quem vai conosco fazer a inscrição da faculdade e quem nos diz para não fazermos aquela tatuagem, mesmo sabendo que nós a vamos fazer.
É quem nos empresta o carro e nos pergunta todos os dias se tem gasóleo.
É quem se levanta às 7 da manhã todos os domingos para nos levar ao nosso primeiro trabalho porque ainda não temos carta.
É quem nos aconselha profissionalmente e todos os dias pergunta como está a correr.
É quem nos ajuda quando compramos a primeira casa, quando damos os passos mais importantes da nossa vida.
Ele não julga, mas vai estando sempre lá, paciente, atento, a deixar viver, a deixar errar, a deixar aprender.

Um Pai é quem nos mostra o que é o verdadeiro significado de amor. 
E o meu fez um excelente trabalho.

Outras Publicações

0 comentários

Contactos

Abertura para todo o tipo de parcerias, se estiverem interessados entrem em contacto. Responderemos assim que possível


Clica aqui:

geral@oursecretb.com

Follow on Facebook

Twitter