Mudei, e a minha vida mudou também!

15:14

É de coração cheio que penso no meu percurso até aqui e não, não é por ter sido perfeito! Muito menos por ter sido fácil ou por ter tido sorte. Não a tive, e a "sorte" não é um fator! Convençam-se disso.
É por ter aqui chegado, em primeiro lugar, e por ter o sentimento de que não quero ficar no meio do caminho. Não vou ficar por aqui.

Mas olhando para trás, ao tentar perceber porque toda a mudança aconteceu na minha vida percebo que tive uma enorme dose de responsabilidade! E isso faz-me sentir bem mais realizada. Não posso dizer que a responsabilidade é toda minha porque quem me rodeia, de uma forma ou de outra contribuiu para que o caminho assim fosse feito.

Não foi fácil olhar para dentro e perceber que se eu não mudasse, tudo o resto à minha volta também não mudaria. Se eu não lutasse para melhorar a cada dia! Se não estudasse todos os dias! Se não treinasse todos os dias! Não melhoraria em nada do que faço, em nada do que sou!

E a sequência dos acontecimentos é mesmo essa: Tu mudas primeiro e depois a mudança acontece na tua vida. 
Até porque essas "mudanças" não são fruto de um acaso. São sim, resultado de um trabalho, de um esforço, de um sacrifício. São as reações do que nos rodeia, à forma como agimos!

Albert Einstein dizia: "Insanity: doing the same thing over and over again and expecting different results"
Não podemos esperar resultados diferentes se continuamos a fazer a mesma coisa!

A sensação que dava, depois de começar a implementar as pequenas mudanças em mim era que isso nunca mais iria acontecer, e eu estava a esforçar-me tanto para mudar! Foi aí que entrou a perseverança (que vos falei num post anterior) e a consciência de que deveria mudar não pelo prémio ou pelo resultado final, mas sim porque me estava a tornar melhor a cada aspeto da minha vida e isso melhorava o que me rodeava. Quer fosse fazer uma pessoa feliz, quer fosse fazer um bom trabalho para além do que me era pedido. É aí que geras aquele extra, aquele "plus". Que ninguém paga, que ninguém vê, mas que a pouco e pouco te vai enchendo o coração! E o que é a realização pessoal se não ter o coração cheio?

E foi assim, de mansinho, que pequenas coisas mudaram, pequenos feitos foram atingidos. Até que, a pouco e pouco grandes coisas começavam a acontecer!


Sim, mudou muita coisa! Mudou a vida, mudou o trabalho, mudou tanto e para melhor. Mas no final de contas perceber que quem mudou fui eu é já prémio que chegue!

Outras Publicações

0 comentários

Contactos

Abertura para todo o tipo de parcerias, se estiverem interessados entrem em contacto. Responderemos assim que possível


Clica aqui:

geral@oursecretb.com

Follow on Facebook

Twitter