Eu, Lisboa e um Hostel - Lisbon Calling Hostel

18:03

Yes, this was my first experience in a Hostel and it was FANTASTIC!

Eu sou assim de aventuras um pouquinho malucas e estar a chegar a Lisboa às 10 da noite de comboio e não ter onde ficar foi uma delas.


O iPad tinha 10% de bateria e felizmente o comboio andava assim pro devagar e consegui apanhar net. Foi então que consegui uma pesquisa rápida. E BOOOOM Lisbon Calling Hostel estava à distância de um click.

Entrei num taxi, e tive uma das conversas mais estranhas e divertidas de sempre com um taxista que me disse ser do Cazaquistão. Era divertido porque para além de ser muito simpático ele queria dizer-me que o tempo estava mau e tal (aquela conversa de circunstância, sabem como é) e como não sabia dizer "espirrar" em português dizia: "Eu ontem "Atchuuu" duas vezes." E continuava a insistir naquilo. O que me ri no banco de trás. Prova de que para comunicar não precisamos falar a mesma língua!

Deixou-me na rua do hostel, paralela ao Mercado da Ribeira e eu entrei, pronta para dormir num beliche. E sem grandes expectativas.
Fui tão bem atendida pelo simpático Pedro, que me explicou tudo, mas confesso que a beleza do Lisbon Calling Hostel não me deixou ouvir assim com muita clareza (eu às vezes desligo a ficha, e às vezes esqueço de a ligar também).
O meu único pedido era, um sítio para jantar!

E claro, a resposta foi, o Mercado da Ribeira.



Atravessei a rua e à distância de dois minutos estava lá eu. Obviamente que o Pedro não me conhecia. Quem manda uma mulher, que precisa de jantar, a um sítio onde há um sem fim de restaurantes??? Indecisão! Muita indecisão, minha gente. Era tudo lindo, tinha tudo ótimo aspecto e cheirava tudo tão bem. E eu com fome, já quase a desfalecer, como mulher indecisa que sou, dei não uma mas duas voltas para escolher aquilo que já era obvio para mim. "Pasta"
Fiquei ali, que nem um "Puppie" junto à sua comida e durante uns bons 40min não consegui pensar em mais nada.

E, quase pronta para sair daquele antro de perdição, diz que me cruzo com um cheese cake, não 'tão a perceber, um bruto de um cheese cake (só de pensar já me sinto a engordar).
Desculpa mestre, mas teve que ser, afinal foi um dia longo e stressante.


E, finda a refeição, com a barrigudinha cheia como um bebé voltei para o hostel. O meu quarto, cheio de beliches estava desocupado e naquela noite fiquei apenas eu.


Banho e caminha! Só que não, tive que ir trabalhar no Blog, como doida que sou. E, o Lisbon Calling Hostel ofereceu-me chá para ajudar! Adoro estes mimos ;)

Devo ter adormecido de tão exausta que estava e no dia seguinte bem cedo tinha o Alfa para apanhar para voltar ao Porto. O meu querido Porto.
O que me inspirou foi todo o conceito que o hostel tinha. A decoração imensamente criativa e a simpatia que tiveram comigo.

Saí tão cedo que não tive oportunidade de agradecer a atenção que tiveram, mas deixei o meu cartão e espero lá voltar.

Gostaria de ter dito um "Obrigada" com um sorriso na cara, embora pareça pouco, era verdadeiro.

E conforme prometido aqui ficam as fotos daquele sítio fantástico.
Hope you like it as much as I did!

















Outras Publicações

0 comentários

Contactos

Abertura para todo o tipo de parcerias, se estiverem interessados entrem em contacto. Responderemos assim que possível


Clica aqui:

geral@oursecretb.com

Follow on Facebook

Twitter